Dependência da Internet

Por Flávio Pereira - Psicólogo em Curitiba

A internet é hoje um dos meios de comunicação mais utilizados no mundo e desde a década de 90 vem modificando o dia-a-dia dos lares e ambientes de trabalho.

A maioria das pessoas utiliza a internet de maneira regular, com a finalidade de obter informações e repassá-las, utilizam para o trabalho ou para o lazer, porém, à medida que essa tecnologia foi se expandindo muitos usuários experimentam consequências negativas por fazerem mau uso dela.

A dependência da internet é uma dependência não química que se manifesta como uma grande dificuldade do indivíduo em controlar o uso da rede, o seu envolvimento crescente a assuntos que se liguem a ela que acaba conduzindo a sentimentos desconfortáveis e prejuízos nas atividades diárias.

As pessoas que são “viciadas” em internet podem apresentar geralmente problemas no contato com outras pessoas, timidez, baixa auto-estima ou pouca confiança em si mesmas e por isso a internet passa a ser o seu principal meio de comunicação. Ainda, o uso indevido trás como conseqüência a baixa produtividade no trabalho, na escola e problemas nos relacionamentos, pois essas pessoas tendem a passar muitas horas navegando, tendo pouco contato físico com os outros e pelo mesmo motivo alimentam-se mal e dormem pouco, reduzindo sua qualidade de vida.

Deve-se observar atentamente as razões das quais os indivíduos passam horas navegando, pois, relacionamentos empobrecidos, sensibilidade no contato com as pessoas, baixa auto-eficácia e auto-avaliação negativa pode levar o indivíduo a outros transtornos graves como ansiedade, depressão, etc.

Os sintomas do vício da internet são:

  • Preocupação excessiva com ela.
  • Necessidade de aumentar o tempo conectado para obter satisfação.
  • Dificuldade em diminuir o tempo de uso.
  • Irritabilidade e/ ou depressão.
  • Instabilidade emocional se se encontra restrito ao uso.
  • Permanecer conectado por mais tempo que o programado.
  • O trabalho e as relações ficam em risco pelo uso excessivo.
  • Mentir aos outros sobre a quantidade de tempo que ficou conectado.

A Terapia Cognitiva auxilia na reestruturação cognitiva relativa ao mal uso da rede, ela objetiva o melhor gerenciamento do tempo, auxilia no estabelecimento de novos objetivos pessoais, na expansão do setor social do indivíduo fora da internet e na melhor assertividade nas habilidades sociais. Saiba mais

Comente este texto!






Voltar para o Topo

Psicólogo Flávio Roberto Pereira

Sobre Flávio Pereira