Transtorno de Personalidade Esquiva

Por Flávio Pereira - Psicólogo em Curitiba

É caracterizado por inibição social, sentimentos de inadequação e hipersensibilidade a avaliações negativas.

Pessoas com esse tipo de transtorno evitam atividades profissionais ou escolares que envolvam contato interpessoal significativo por medo de críticas, desaprovação ou rejeição.

Evitam novas amizades, a menos que tenham certeza de que serão estimados e aceitos sem críticas. As pessoas são consideradas críticas e desaprovadoras, até passarem por rigorosos testes provando o contrário.

A intimidade interpessoal é difícil, embora consigam estabelecer relacionamentos íntimos quando existem garantias de uma aceitação sem críticas.

Eles podem ficar extremamente magoados com qualquer crítica ou desaprovação, por mais leve que seja.

São pessoas tímidas, quietas, inibidas e “invisíveis”, pelo medo de que qualquer atenção possa trazer degradação ou rejeição.

Os sintomas mais comuns são:

  • Evitar atividades ocupacionais que envolvam contato interpessoal significativo por medo de críticas, desaprovação ou rejeição.
  • Relutar a envolver-se com pessoas, a menos que tenha certeza de que não serão criticados.
  • Mostrar-se reservado em relacionamentos íntimos, pelo medo de ser envergonhado ou ridicularizado.
  • Preocupar-se com críticas ou rejeição em situações sociais.
  • Inibir-se em novas situações interpessoais, em virtude de sentimentos de inadequação.
  • Ver-se como socialmente acanhado, sem atrativos pessoais ou inferior.
  • Raramente assumir riscos pessoais ou envolver-se em quaisquer novas atividades, porque estas poderiam ser embaraçosas.

Agende uma consulta.

Comente este texto!






Voltar para o Topo

Psicólogo Flávio Roberto Pereira

Sobre Flávio Pereira