Transtorno de Transe e Possessão

Por Flávio Pereira

Transtorno de Transe e PossessãoTranstorno de Transe e Possessão

Segundo o CID – 10, Classificação de Transtornos Mentais e de Comportamento, o Transtorno de Transe e Possessão (código F 44.3), é caracterizado uma perda passageira da consciência e o indivíduo age como se tivesse possuído, tomado,  por uma outra personalidade, “poder”, espírito, “força” sobrenatural ou divindade. Há movimentos repetidos, posições e expressões vocais. Comportamentos ou movimentos estereotipados, vivenciados como estando além do controle do indivíduo. Somente os transtornos indesejados ou involuntários, que se intrometem na atividade habitual do indivíduo e que ocorrem fora de situações religiosas ou outras aceitas culturalmente, devem ser considerados como Transtorno de Transe e Possessão.

Também os Transtornos de Transe que ocorrem durante psicoses esquizofrênicas ou ainda em Epilepsias ou por intoxicação por substância psicoativa, não devem ser incluídos aqui.
No Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais – DSM-IV o Transtorno de Transe e Possessão tem a classificação 300.15.

Comente este texto!






Voltar para o Topo

Psicólogo Flávio Roberto Pereira

Sobre Flávio Pereira